Depressão: a epidemia do século

Depressão: a epidemia do século

Com muitos desafios a serem vencidos a depressão já se apresenta como o mal do século e os sintomas são muitos: baixa autoestima, distúrbios alimentares, sensação de impotência e perda de interesse em coisas que antes sentia prazer. Se você identificou alguns desses tópicos em sua rotina, talvez, a sua saúde mental possa estar precisando de ajuda e esteja na hora de uma avaliação com profissional.

Mas antes saiba que existem algumas práticas que podem ajudar a acelerar o tratamento.

– Meditação;
– Exercícios físicos;
– Alimentação saudável;
– Acupuntura;
– Trabalhos voluntários;
– Aprender coisas novas;
– Jardinagem, já que o contato com a natureza estimula o cérebro.

Segundo a Organização das Nações Unidas, a ONU, a depressão será a principal doença incapacitante do planeta, já a partir do ano que vem, em 2020. Para especialistas, esse crescimento está associado ao estilo de vida dos seres humanos, hoje em dia.

Fatores como ambientes de extremo estresse, altos índices de violência, trânsito caótico e o excesso de informação, com o avanço da tecnologia, tem ajudado a essa proliferação de desgaste mental e da ansiedade.

O tratamento indicado tem acompanhamento psicológico e psiquiátrico e ainda pode necessitar de uso de medicamento controlado, com ansiolíticos e antidepressivos. A doença tem 3 estágios, por isso é bom que seja identificada logo.